GPER Grupo de Pesquisa Educação e Religião. Formação Docente e Educação Religiosa.

Agenda

Eventos que iniciam hoje - 01/08/2017

    • Tisha B'Av (Judeu)
    • Data desconectada do calendário solar e lunar , um dia qualquer. Seu símbolo não é a tristeza ou o medo da noite , mas o desespero do meio-dia do sol que racha o solo , o sol que se parece , infinitamente se parece com todos os outros sóis de todos os outros infindáveis dias. Momento de saudades , de aperto , de angústia , não do escuro , facilmente desmentido pela luz , ma das própria luz que não parece conduzir a lugar algum , este lugar onde não queremos ir - todos. É a falta. A falta assimilada.Tisha B&39;Av não é uma festa sobre a tristeza , mas uma festa da angústia e do desespero. Para os do hemisfério norte , um enigma em pleno verão , onde fica claro - festa da história e não da natureza. Delicioso desespero que a tradição judaica transformou em ironia , a mesma que nos esclarece que "se não fossem pelas lágrimas não perceberíamos o desagregar-se das cores no arco-íris". Depressão que não é down , que é saudade das sombras que o sol a pique nos sabe roubar. Luz que a vela na privacidade da alma segredos que já nascem saudades. Dia de jejum , de sentir o gosto de si mesmo - saliva repleta de gostos nunca mais sentidos , de uma infância questionável , de um futuro incerto.Tal qual a água sob certas condições é gelo ou ar , assim é a alma - sob certas condições de luminosidade , é exílio.Os judeus aprenderam a pintar seus séculos com este tom da alma humana , sua história ajudou. E , tal qual os cálculos indicavam , o fim do poço é o fim , não passa daí. Pois neste dia de acontecimentos fatídicos , de expulsão , de saudades do exílio , neste mesmo dia nascerá o messias - não- exilado. Conta a tradição:"Um judeu arava seu campo com seu boi quando este começou a mugir. Um árabe que passava comentou: &39;Larga teu boi e chora , judeu - pois o templo foi destruído.&39; O judeu larga seu boi e pergunta: &39;Como sabes?&39; O árabe responde: &39;Pelo mugir do teu boi.&39; O boi volta a mugir e o árabe diz: &39;Volta a teu boi novamente , judeu - celebra! - pois o messias acaba de nascer!&39; O judeu decide descobrir por si mesmo se tudo isto é verdade e se põe a caminho de Jerusalém. Quando lá chega comprova que a primeira parte da profecia havia se realizado - o templo estava destruído. Para saber se a segunda parte também era verdadeira , faz roupas de neném e sai tentando vender de porta em porta. Uma mulher se interessa pelas roupas mas começa a chorar - compraria a roupa para seu bebê caso este não tivesse sido levado. &39;Levado , senhora?&39; &39;Sim , ele nasceu no dia em que o templo foi destruído. Mas pouco depois foi levado por um vendaval.&39; O judeu conclui: oculto estará até o momento certo. Mas por que sabê-lo através de um árabe? Acaso não está escrito:&39;E o Líbano cairá nas mãos dos poderosos e então florescerá a semente de Jessé.&39; &39;Líbano&39; , refere-se ao templo construído de cedros-do-líbano e a &39;semente de Jessé&39; refere-se à casa de David , pois Jessé era seu pai e dele descendera o Messias. Portanto , poderia ter descoberto sobre tudo isso lendo Isaías".Este judeu precisou aprender sobre o que acontecia por intermédio de três meios: pelo árabe, pela experiência própria, e através da bíblia. O Messias não virá enquanto não aprendermos destas três maneiras - pelo exílio ou pelos outros, por nossa vivência própria e, por último, pela tradição.Este mundo confuso e não redimido - o exílio; esta saudade insaciável, parceira eterna - o exílio; e este Tisha B&39;Av , coincidência proposital do sentido.Perguntar-se-á alguém menos familiarizado: "Precisa ser tão cinzenta esta tradição?" Ela não é - Promove arco-íris. A diferença, como diz Wiesel, é que não ultrapassamos a espera, nós nos ultrapassamos no interior da espera.Nilton Bonder
    • Lughnasadh (Lammas)
    • É uma das festas pagãs de origem celta, que dividiu o ano em quatro. Celtas celebrada a festa do deus Lugha irlandesa neste momento e, mais tarde, os anglo-saxões marcou o festival hlaefmass - pão, massa ou Lammas - neste momento. Para estas comunidades agrícolas este foi o primeiro dia da colheita, quando são iluminados com campos de milho e da colheita começa. O período de colheita Samhain continuar até quando a última loja para os meses de inverno seria colocado fora. Embora a agricultura é uma parte importante da vida moderna, Lughnasadh ainda é visto como uma colheita festival por Pagãos e símbolos relacionados com a colheita do milho predominam na sua ritos.

      Fonte: BBC
    • Fundação do GPER
    • Fundação do Grupo de Pesquisa Educação e Religião (GPER) no ano de 2000 em Curitiba (PR).


Eventos que estão em andamento

    • Ano Novo chinês (chinês) - 28/01/2017 a 15/02/2018
    • 28/01/2017 a 15/02/2018
    • O Galo tem a característica de ser impulsivo, então tenha cuidado para não tomar decisões precipitadas. Pense muito antes de fazê-las e, se possível, conte aos seus amigos e familiares sobre os seus planos. Eles irão te ajudar a optar pelo caminho correto.Será um período que apresentará também muita criatividade, imaginação e a vida social bem abalada. Se prepare para diversos convites de festas, encontros e shows. Não se espante se coisas que você nunca fez antes, de repente, parecerem interessantes em 2017, pois essa fase promete ser ideal para mudar.

VOLTAR

« Agosto 2017 »
DomSegTerQuaQuiSexSáb
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031
Legenda:
Eventos em andamento
Eventos iniciando
Sem eventos
Data atual
Data selecionada